MENU

Inflação em São Paulo atinge a menor taxa do ano, indica Fipe

Inflação em São Paulo atinge a menor taxa do ano, indica Fipe

Atualizado: Sexta-feira, 9 Outubro de 2009 as 12

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), teve a quinta redução seguida no ritmo de alta e chegou a 0,12%, na primeira prévia de outubro. Essa taxa é a menor do ano. Até estão, o índice mais baixo havia sido registrado no fechamento de junho (0,13%).

A principal contribuição partiu dos alimentos, que apresentaram deflação de 0,88%, na terceira queda consecutiva. Nas duas pesquisas anteriores, os preços dos itens alimentícios haviam caído 0,63% e 0,09%).

Mais três grupos apresentaram taxas decrescentes: habitação, que passou de 0,47% para 0,38%; vestuário, de 0,75% para 0,66%; e educação, de 0,09% para 0,08%.

Em movimento contrário, houve aumento no grupos transportes, de 0,25% para 0,42%, e despesas pessoais, de 0,18% para 0,34%.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), teve a quinta redução seguida no ritmo de alta e chegou a 0,12%, na primeira prévia de outubro. Essa taxa é a menor do ano. Até estão, o índice mais baixo havia sido registrado no fechamento de junho (0,13%).

A principal contribuição partiu dos alimentos, que apresentaram deflação de 0,88%, na terceira queda consecutiva. Nas duas pesquisas anteriores, os preços dos itens alimentícios haviam caído 0,63% e 0,09%).

Mais três grupos apresentaram taxas decrescentes: habitação, que passou de 0,47% para 0,38%; vestuário, de 0,75% para 0,66%; e educação, de 0,09% para 0,08%.

Em movimento contrário, houve aumento no grupos transportes, de 0,25% para 0,42%, e despesas pessoais, de 0,18% para 0,34%.

veja também