MENU

Inflação em São Paulo fica em 0,34% e é a menor desde março

Inflação em São Paulo fica em 0,34% e é a menor desde março

Atualizado: Quarta-feira, 20 Agosto de 2008 as 12

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) na cidade de São Paulo, voltou a desacelerar pela nona vez seguida, com variação de 0,34% na segunda prévia de agosto. A taxa ficou abaixo da pesquisa anterior (0,38%) e é a menor desde o fechamento de março deste ano, quando havia avançado 0,31%.

O grupo dos alimentos teve expressiva desaceleração, com alta de 0,26% , resultado bem inferior ao da primeira prévia de agosto (0,69%) e o mais baixo desde a terceira quadrissemana de março, quando havia apresentado deflação de -0,03%.

Em despesas pessoais, houve elevação de 0,71% ante 0,95% da pesquisa passada. O IPC só não foi menor porque o grupo habitação voltou a subir, atingindo 0,25% ante 0,04%. Esse aumento já era previsto por conta da influência no cálculo do reajuste da tarifa de energia elétrica.

Outro motivo que impediu uma redução maior no ritmo inflacionário foi o grupo vestuário, com interrupção das taxas negativas, passando de -0,15% para 0,16%.

Os demais grupos apresentaram as seguintes oscilações: transportes, alta de 0,35% ante 0,37%; saúde, 0,58%, indicando estabilidade ante uma variação anterior de 0,57%; e educação, a mesma taxa da primeira prévia (0,04%).

veja também