MENU

Inflação fica maior em Brasília, Recife e Salvador, mostra FGV

Inflação fica maior em Brasília, Recife e Salvador, mostra FGV

Atualizado: Quarta-feira, 24 Março de 2010 as 12

A inflação calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) ficou maior em três das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) na passagem da segunda para a terceira semana de março. A maior aceleração foi registrada no Recife, onde o indicador passou de 0,79% para 0,91%.

Também ficaram maiores, na mesma comparação, as taxas verificadas em Brasília, que passou de 0,40% para 0,42%), e Salvador (de 0,34% para 0,44%).

No conjunto das capitais, no entanto, o indicador perdeu força, passando de 0,93% para 0,87%, resultado da desaceleração verificada na inflação nas demais cidades.

Apesar da queda, Porto Alegre seguiu com a maior taxa entre as capitais pesquisadas: o IPC-S na capital gaúcha recuou de 0,36% para 1,21%. Também permanecendo acima de 1%, a inflação recuou de 1,30% para 1,13% no Rio de Janeiro.

As demais desacelerações foram registradas em Belo Horizonte (de 0,81% para 0,75%) e São Paulo (de 0,87% para 0,81%).

veja também