MENU

Inflação medida pelo IPC-S acelera em seis capitais, diz FGV

Inflação medida pelo IPC-S acelera em seis capitais, diz FGV

Atualizado: Terça-feira, 19 Janeiro de 2010 as 12

O cenário de preços no varejo em São Paulo mostrou inflação mais forte na segunda quadrissemana de janeiro, segundo informou nesta terça-feira (19) a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) passou de 0,45% para 0,93% na capital paulista, da primeira para a segunda quadrissemana de janeiro.

De acordo com a FGV, das sete capitais pesquisadas para cálculo do índice, seis apresentaram taxas de inflação mais intensas, no mesmo período.

Além de São Paulo, as cidades que apresentaram acréscimos em suas taxas de variação de preços no período foram Belo Horizonte (de 0,50% para 0,59%); Porto Alegre (de 0,09% para 0,12%); Recife (de 0,60% para 0,74%); Salvador (de 0,44% para 0,64%); e Rio de Janeiro (de 0,71% para 0,82%).

Brasília foi a única capital a mostrar desaceleração de preços (de 0,19% para 0,16%), no mesmo período.

A cidade de São Paulo é a de maior peso no cálculo do IPC-S, cujo resultado completo, anunciado ontem, também mostrou aceleração (de 0,51% para 0,78%) da primeira para a segunda quadrissemana de janeiro.

veja também