MENU

Inflação para baixa renda fica em 7,33% em 2010, mostra FGV

Inflação para baixa renda fica em 7,33% em 2010, mostra FGV

Atualizado: Quarta-feira, 12 Janeiro de 2011 as 10:37

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), conhecido como inflação da baixa renda, desacelerou em dezembro, passando de 1,33%, em outubro, para 0,86%, de acordo com levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgado nesta quarta-feira (12). O indicador, que mede a variação de preços de uma cesta de produtos e serviços para famílias com renda entre um e 2,5 salários mínimos, subiu 7,33% em 2010. No ano, despesas com alimentação tiveram alta de 11,03%.

Entre as sete classes de despesa que compõem o índice, quatro apresentaram desaceleração entre novembro e dezembro: alimentação (de 2,62% para 1,43%), transportes (de 0,57% para 0,13%), educação, leitura e recreação (de 0,34% para 0,02%) e habitação (de 0,38% para 0,35%).

Em sentido oposto, vestuário passou de 0,75% no penúltimo mês de 2010 para 1,42% no fim do ano passado. Com mesmo movimento, apareceram saúde e cuidados pessoais (de 0,26% para 0,73%) e despesas diversas (de 0,41% para 0,59%).

O Índice de Preços ao Consumidor - Brasil (IPC-BR) teve elevação de 0,72% em dezembro de 2010. No ano, houve avanço de 6,24%.

veja também