MENU

Investimento habitacional será de R$446 bilhões em 2030, revela estudo

Investimento habitacional será de R$446 bilhões em 2030, revela estudo

Atualizado: Segunda-feira, 22 Setembro de 2008 as 12

"O Brasil será uma grande potência na área habitacional nas próximas duas décadas e os investimentos na área habitacional devem saltar dos atuais R$165 bilhões para R$446 bilhões em 2030, uma alta de 170% em 22 anos", essa é a projeção do "Brasil Sustentável", que analisa os horizontes da economia brasileira até 2030. O estudo foi apresentado dia 9 de setembro, na sede da Fiesp, durante encontro promovido pelo Departamento da Indústria da Construção (Deconcic).

Elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a consultoria Ernst & Young, o trabalho toma como base as potencialidades do Brasil em relação ao mercado mundial e leva em conta, além dos indicadores econômicos de 24 países, dados sobre a qualidade de vida da população e a disponibilidade de recursos humanos e naturais."Para traçar a perspectiva de crescimento do Brasil, o estudo avalia também os cenários dos demais países, quanto à oferta de energia, política de concessão de créditos e outros aspectos relevantes", explica Ana Maria Castelo, técnica de setor imobiliário da FGV.

"O estudo demonstra que, mais importante do que obter taxas significativas, é fazer isso com qualidade, o que inclui a garantia de bons indicadores sociais", acrescenta a especialista, ressaltando que, neste aspecto, o investimento habitacional é da maior importância.

Alguns prognósticos levantados no trabalho são os seguintes:

- Crédito Imobiliário

Deve saltar dos atuais R$25,3 bilhões para R$290,4 bilhões em 2030, um crescimento médio de 1,2% ao ano.

- Crescimento Populacional

De acordo com o trabalho, o Brasil terá uma população superior a 233 milhões de habitantes nos próximos 22 anos, e cerca de 95,5 milhões de famílias. Uma estimativa apontada é de 2,5 pessoas por moradia, o que resultaria em 93,1 milhões de domicílios - ou 66% a mais do que apurado em 2007.

- Número de Famílias

O estudo Brasil Sustentável também demonstra que entre 2007 e 2030 o número de famílias no Brasil passará de 60,3 milhões, para 95,5 milhões.

- Natalidade

A tendência atual de queda das taxas de natalidade deverá se acentuar, chegando a 2,4 filhos por mulher até 2030.

veja também