MENU

Irlanda anuncia plano de demissões e aumento de impostos

Irlanda anuncia plano de demissões e aumento de impostos

Atualizado: Quarta-feira, 24 Novembro de 2010 as 1:59

O governo irlandês apresentou nesta quarta-feira (24) o "Plano de Recuperação Nacional" para os próximos quatro anos, que prevê cortes nos benefícios sociais, demissões no funcionalismo e aumento de impostos. O plano, de 140 páginas, detalha como o governo pretende reduzir oorçamento em 15 bilhões de euros, reduzindo o o déficit público de 32% a 3% até 2014.

O projeto apresentado ao parlamento é uma condição imposta pela União Europeia e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) para a liberação do pacote de socorro de até 90 bilhões de euros. O primeiro-ministro irlandês, Brian Cowen, garantiu ao apresentar o plano que as medidas têm como objetivo de recuperar a "confiança da cidadania" e demonstrar que o país tem "futuro".   O pacote prevê a economia de 10 bilhões de euros por meio de cortes de gastos, e o acréscimo de outros 5 bilhões através da elevação de impostos. O orçamento dos programas social deve sofrer um dos maiores cortes, de 2,8 bilhões de euros, com redução do seguro-desemprego e do auxílio maternidade.

Também está previsto que o salário mínimo seja reduzido em um euro, para 7,65 euros. O número de funcionários públicos deve ser reduzido em 24,750 mil.

A proposta contempla ainda a criação de um imposto sobre propriedades, o aumento do custo das universidades e a introdução de impostos sobre o fornecimento de água. O imposto de renda também deve ser elevado, assim como as taxas aplicadas.    

veja também