MENU

Juro do cheque especial volta a subir em janeiro, mostra Anefac

Juro do cheque especial volta a subir em janeiro, mostra Anefac

Atualizado: Quarta-feira, 10 Fevereiro de 2010 as 12

Após várias quedas consecutivas, a taxa de juros cobrada no cheque especial voltou a subir em janeiro, segundo dados da Anefac. A taxa média cobrada pelos bancos passou de 7,27% ao mês em dezembro para 7,32% no mês passado.

Também ficaram maiores as taxas médias cobrada no empréstimo pessoal em bancos, que passou de 4,82% a.m. para 4,88%; e no comércio, 5,74% para 5,79%.

Nas outras três linhas de crédito pesquisadas pela Anefac, no entanto, os juros tiveram redução na passagem de dezembro para janeiro: cartão de crédito (de 10,68% para 10,66%), crédito direto ao consumidor em banco (de 2,45% para 2,43%) e empréstimo pessoal em financeiras (de 10,18% para 10,12%).

Com essas variações, a taxa média de juros cobrada das pessoas físicas registrou leve alta, de 0,01 ponto percentual, para 6,87% ao mês. Em dezembro, a taxa de 6,86% era a menor da série histórica da pesquisa da Anefac.

Para as empresas, a taxa média de juros cobrada nas operações de crédito também aumentou, passando de 3,62% mensais para 3,65% em janeiro. Das quatro linhas de crédito pesquisada, três elevaram suas taxas de juros no mês (capital de giro, desconto de duplicatas e desconto de cheques) e uma foi reduzida (conta garantida).

veja também