MENU

Lan houses vão ajudar empreendedores a acessar serviços do Sebrae

Lan houses vão ajudar empreendedores a acessar serviços do Sebrae

Atualizado: Sexta-feira, 30 Julho de 2010 as 9:52

Um jogo virtual que capacita lan houses para se tornarem centros de apoio aos brasileiros que queiram utilizar os serviços do Sebrae. Assim funciona o Desafio Sebrae Lan House, que deve reunir até o fim deste ano cerca de 400 empresas . Com 12 etapas, a atividade já registrou a presença de 179 empresas, sendo que, deste total, 19 concluíram o procedimento.  

"De forma interativa, leve e lúdica, por meio de um game social, estamos capacitando as   lan houses   e, ao mesmo tempo, convocando-as para atuar ao lado do Sebrae para multiplicar sua ação. O jogo também permitirá o mapeamento das lan houses, estimadas em mais de 100 mil em todo o país", informa o diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos.  

O jogo faz parte do projeto Raio Brasil, voltado à articulação de certos atores sociais (empresas, instituições, donos e usuários de lan house) em torno de ações de fortalecimento e desenvolvimento do mercado dos centros públicos de acesso pago. O projeto teve início em março deste ano com o objetivo de ampliar as bases de atendimento do Sebrae. Conheça o projeto pelo link  

http://raiobrasil.ning.com/page/desafio-lan-sebrae .  

O Sebrae possui 738 pontos físicos de atendimento, número que não consegue atender a todo o território nacional. A ampliação por meio de lan houses permitirá que os cursos e serviços oferecidos pelo Sebrae tenham uma abrangência maior. “A ideia é que os proprietários e funcionários das lan houses sejam capazes de ajudar os empreendedores pois muitas pessoas se sentem inseguras quando têm que acessar um serviço pela   internet ", afirma o consultor do Rio Brasil, Marcelo Pimenta.  

Além da função social, a adesão deve elevar a demanda de clientes das lan houses, conforme espera o empresário Marco Antônio Serra, proprietário há três anos da LanSerraMaq, em Itaim Paulista, bairro de São Paulo. “O meu intuito é ajudar a região; ajudar as pessoas com suas dúvidas. Mas, claro, espero que aumente também o número de clientes”, afirma. Atualmente, ele contabiliza entre 50 e 70 acessos por dia em sua loja.  

Cursos  

Os   empreendedores   que queiram participar de cursos à distância do Sebrae podem se inscrever gratuitamente nos seguintes módulos: Aprender a Empreender, Análise e Planejamento Financeiro, Como Vender Mais e Melhor, D-Olho na Qualidade, Gestão de Cooperativas de Crédito, Atendimento ao Cliente, Boas práticas nos Serviços de Alimentação: Gestão da Segurança, Empreendedor Individual e Iniciando um Pequeno e Grande Negócio.  

Os interessados podem fazer os cursos em suas casas ou nas próprias lan houses, no horário em que preferirem. As inscrições podem ser feitas pelo site   http://www.ead.sebrae.com.br/HotSite/cronograma.asp .  

veja também