MENU

Lojas de material de construção vivem "melhor dos mundos"

Lojas de material de construção vivem "melhor dos mundos"

Atualizado: Quarta-feira, 22 Setembro de 2010 as 2:49

O aquecimento nas vendas de imóveis usados e a entrega das chaves de uma grande parte dos imóveis lançados em 2007 deram novo fôlego às varejistas de material de construção, que registram atualmente o maior ritmo de crescimento das vendas entre todos os segmentos do comércio.

Em julho, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a receita das lojas de artigos para reforma cresceu 19,8% em relação ao mesmo mês de 2009, taxa superior à expansão  de 13,5% das vendas do comércio de forma geral. No acumulado do ano, o varejo de material de construção apresenta um aumento de 20,3% nas vendas, em receita.

O setor ficou acima até mesmo das concessionárias de veículos, cujas vendas aumentaram 16,9% em julho em relação a igual período do ano passado e acumulam um crescimento no ano de 13,3%.O varejo de material de construção passou, no período de apenas um ano, do “pior para o melhor dos mundos”, afirma Dimitrios Markakis, controlador da Construdecor, holding à qual pertence a Dicico, uma das cinco maiores redes de material de construção do País.

A varejista prevê faturar R$ 880 milhões em 2010, 25% mais que em 2009, quando as suas vendas totalizaram R$ 700 milhões. Markakis projeta atingir, até o fim de 2010, a marca de 50 lojas, com a inauguração de cinco unidades ao longo dos próximos três meses.

Durante a crise econômica, em contrapartida, as lojas de material de construção foram as que mais sofreram. O setor encerrou o ano passado com uma queda de 5,9% no volume vendido, enquanto o comércio varejista como um todo comercializou um montante 5,9% maior.

Postado por:Guilherme Pilão

veja também