MENU

Lucro da BMW supera expectativas do mercado

Lucro da BMW supera expectativas do mercado

Atualizado: Quarta-feira, 3 Novembro de 2010 as 11:29

span style="font-size:10pt;"> O grupo BMW lucrou 874 milhões de euros (aproximadamente R$ 2,09 bilhões) no terceiro trimestre, o que equivale a mais de onze vezes o lucro líquido de 78 milhões de euros registrado um ano antes. O resultado é acima da expectativa do mercado, de aproximadamente 725 milhões de euros.

A montadora alemã reportou aumento de 35,6% em sua receita, que saiu de 11,76 milhões de euros no terceiro trimestre de 2009 para 15,94 milhões de euros entre julho e setembro deste ano. O volume de veículos vendidos no terceiro trimestre atingiu 366.190 unidades, o que configura um incremento de 13% sobre os 324.100 automóveis comercializados em igual período de 2009.

"Nossa linha atrativa de modelos e a recuperação da economia global nos permitiram alcançar outra elevação significativa em volume de vendas. As medidas tomadas para elevar a lucratividade e renovar o mix de modelos de alto valor também geraram um impacto positivo", comentou o presidente e diretor do conselho administrativo da BMW AG, Norbert Reithofer, em comunicado.

No acumulado de nove meses do ano, a receita da montadora somou 43,731 milhões de euros, um avanço de 20,7% na comparação com a receita de 36,239 milhões de euros registrada entre janeiro e setembro do ano passado. Na mesma base comparativa, o lucro líquido saltou de 47 milhões de euros, para mais de 2,03 bilhões de euros.

O volume total de modelos BMW, Mini e Rolls-Royce vendidos nos primeiros nove meses de 2010 superou 1,06 milhão de unidades - 13,1% superior às 939.554 unidades comercializadas no mesmo intervalo de 2009.

A empresa atribuiu boa parte do resultado às vendas no mercado chinês, incluindo Hong Kong e Taiwan, que registraram 132.270 unidades vendidas entre janeiro e setembro - salto de 96,1% na comparação com igual período do ano passado.

Diante do resultado do terceiro trimestre, o grupo voltou a elevar suas expectativas para o ano fiscal de 2010. A margem de lucro antes de juros e imposto de renda (Ebit, na sigla em inglês) foi elevada de 5% para 7% e a empresa espera superar 1,4 milhão de carros comercializados no ano - 10% a mais do que em 2009.

veja também