MENU

Lucro do Bradesco cresce 37% no 4º trimestre de 2010

Lucro do Bradesco cresce 37% no 4º trimestre de 2010

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 11:04

O Bradesco fechou o quarto trimestre com alta de 37% no lucro líquido (contábil) na comparação com o mesmo período de 2009, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (31).

O segundo maior banco privado do Brasil registrou lucro líquido de R$ 2,987 bilhões nos três últimos meses de 2010 ante ganho de R$ 2,181 bilhões no quarto trimestre de 2009. No terceiro trimestre de 2010, a instituição financeira registrara lucro de R$ 2,527 bilhões.

Em bases recorrentes (lucro líquido ajustado), o banco registrou de R$ 2,684 bilhões no último trimestre de 2010, representando um aumento de 45,9% sobre o mesmo período do ano anterior e de 6,6% sobre o terceiro trimestre de 2010.

Em todo o ano de 2010, o lucro líquido contábil do Bradesco somou R$ 10,022 bilhões, crescimento de 25,1% na comparação com 2009.

O resultado do trimestre foi apoiado em uma expansão de 20,2% da carteira de crédito, que terminou o ano em R$ 274,227 bilhões. Já pelo critério expandido, que considera principalmente operações com grandes empresas, a carteira avançou 23%, para R$ 293,555 bilhões.

Já a despesa com provisão para devedores duvidosos (PDD) registrou queda de 14,8% no quarto trimestre, na comparação anual, para R$ 2,295 bilhões. Sobre o terceiro trimestre houve aumento de 11,5%.

Segundo o banco, os indicadores de inadimplência da instituição, porém, "fixaram-se no menor patamar dos últimos oito trimestres". O índice baseado em operações vencidas há mais de 90 dias fechou o trimestre passado em 3,6%, uma queda de 1,3 ponto percentual na comparação anual e praticamente estável ante os 3,8% do terceiro trimestre.

O Bradesco terminou 2010 com R$ 637,485 bilhões em ativos totais, crescimento de 25,9% sobre 2009.

veja também