MENU

Medo do desemprego cresce em dezembro, afirma CNI

Medo do desemprego cresce em dezembro, afirma CNI

Atualizado: Terça-feira, 13 Dezembro de 2011 as 3:06

O medo dos brasileiros quanto ao desemprego aumentou em dezembro, atingindo 81,6 pontos, depois de registrar 78,7 pontos em setembro, segundo aponta o índice da Confederação Nacional da Indústria ( CNI ) nesta terça-feira (13). O índice, trimestral, é de base 100 e quanto mais alto for, maior o medo das pessoas perderem o emprego, conforme explicou a pesquisa. Na comparação com o mês anterior, o indicador subiu 3,7% e em relação a dezembro de 2010, o indicador cresceu 2,9%. “O brasileiro continua seguro de que o desemprego não irá afetá-lo nem a sua família”, diz a pesquisa.

De acordo com o economista da CNI Marcelo Azevedo, já que o índice em setembro estava em um patamar baixo, a expectativa era de que voltaria a crescer. "Contudo, se o cenário econômico mundial adverso permanecer, a tendência é de que o medo do desemprego continue a aumentar nos próximos meses. 

O aumento do medo do desemprego foi influenciado, principalmente, pelo aumento da parcela de pessoas que afirmam estar com muito medo do desemprego (de 12,8% em setembro para 19,2% em dezembro). O percentual dos entrevistados que disseram estar com pouco medo do desemprego caiu de 30,2% para 23,1% e a parcela dos que afirmaram estar sem medo do desemprego aumentou de 57% em setembro para 57,7% em dezembro.

veja também