MENU

Meirelles diz que é preciso tempo para avaliar medidas adotadas pelos EUA

Meirelles diz que é preciso tempo para avaliar medidas adotadas pelos EUA

Atualizado: Quinta-feira, 4 Novembro de 2010 as 10:32

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira (3) que é preciso aguardar os reflexos da decisão anunciada pelo Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de comprar US$ 600 bilhões em títulos públicos para avaliar o impacto das medidas na economia do país.

Em entrevista à Globo News (veja íntegra da entrevista ao lado), Meirelles afirmou que a economia dos Estados Unidos ainda trabalha com um cenário de alto índice de desemprego, o que levou o Fed a adotar "estímulos adicionais" monetários.

O presidente do BC lembrou que a taxa de juros norte-americana está próxima de zero, o que não deixa muita margem para cortes, razão pela qual o Fed teve de tomar o que ele chamou de "solução não convencional" para dara maior liquidez à economia norte-americana.

Meirelles disse ainda que o Banco Central vai continuar a trabalhar com meta de inflação, mas descartou a adoção de meta de juros.

Sobre sua eventual permanência no governo na administração de Dilma Rousseff, Meirelles disse que ainda deve conversar com a presidente eleita sobre o a assunto.

"Não há evidentemente essa decisão. No momento estou totalmente focado na economia. A presidenta está compondo a equipe de transição e posteriormente viajará com o presidente Lula para Seul, para o G-20, o que é fundamental, e no devido tempo vamos conversar e no devido tempo certamente chegaremos a uma decisão, mas tenho certeza que qualquer que seja a circunstância, o Banco Central vai entregar a meta de 2011."

veja também