MENU

Mercedes-Benz vai contratar 1.250 para Brasil e Argentina

Mercedes-Benz vai contratar 1.250 para Brasil e Argentina

Atualizado: Quinta-feira, 30 Junho de 2011 as 4:11

A Mercedes-Benz, fabricante de ônibus e caminhões, vai contratar até agosto 1.250 funcionários para trabalhar nas fábricas de São Bernardo do Campo, no ABC paulista (SP), e Buenos Aires, na Argentina.

Com a admissão de 950 trabalhadores no Brasil --o que corresponde a 76% do total de novas contratações--, a empresa viabilizará a instalação do terceiro turno na unidade do ABC. As contratações serão permanentes e, com a admissão desses funcionários, a Mercedes terá 14.350 empregados no país, considerando as fábricas de SBC, Campinas e Juiz de Fora (MG).

A partir de janeiro de 2012, a montadora irá produzir o caminhão Actros na unidade de Juiz de Fora. Essa fábrica foi criada para produzir veículos e agora está sendo transformada para fabricar caminhões.

As medidas fazem parte de um programa de investimento da empresa, de R$ 1,5 bilhão, para o período de 2010 a 2013.

"Neste ano devemos atingir a produção de 75 mil veículos. No ano passado, foram 65 mil. As contratações e os investimentos reforçam nossa expectativa de que haverá crescimento contínuo no país", diz Jürgen Ziegler, presidente da Mercedes do Brasil e CEO para a América Latina.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (filiado à CUT), desde setembro de 2009, a empresa contratou 2.850 funcionários.

As contratações são resultado, também, do trabalho do sindicato que negociou política industrial com o governo federal, lutou por isenções, como a do IPI em 2009, e por programas de incentivos ao setor de caminhões e ônibus. Além da negociação permanente no local de trabalho que mantém com a empresa, avalia Sérgio Nobre, presidente do sindicato.

veja também