MENU

Na segunda prévia de junho, IPC ficou em 0,25%, após subir 0,28% na 1ª

Preço de transporte segue em queda, e inflação desacelera

Atualizado: Terça-feira, 19 Junho de 2012 as 8:23

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação da cidade de São Paulo, registrou alta de 0,25% na segunda prévia de junho, após avanço de 0,28% na apuração anterior, segundo divulgou, nesta terça-feira (19), a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Na comparação com a segunda semana de maio, o IPC teve forte desaceleração, já que o índice apresentou inflação de 0,48% naquela prévia.


O grupo habitação seguiu a tendência de alta, saindo de 0,13% na primeira prévia de junho para 0,19% no atual levantamento. O grupo alimentação também seguiu a tendência de ligeira aceleração: passou de 0,95% na prévia anterior para uma inflação de 0,99% na segunda quadrissemana do mês - foi novamente o item que, na variação ponderada, mais contribuiu para o IPC no período.


Já transportes continuou em forte queda, saindo de uma deflação de 0,19% no início de junho para uma deflação de 0,46% nesta segunda parcial - foi novamente o item que, na variação ponderada, menos contribuiu para a inflação. O item despesas pessoais teve ligeira aceleração. Depois de iniciar o mês com inflação de 0,23%, avançou para 0,27% na segunda prévia de junho.


O índice relativo à saúde seguiu em desaceleração. Depois de apresentar 0,56% no começo de junho, agora baixou para 0,38%. O segmento vestuário seguiu no campo deflacionário, mas diminuiu o ritmo de queda. Após iniciar o mês com uma deflação de 0,41%, teve uma deflação de 0,35% na segunda pesquisa de junho.


O segmento educação teve ligeira queda, mas continuou com pequena influência sobre a inflação. Depois de iniciar o mês de junho com 0,08%, recuou para 0,05% nesta segunda parcial mensal.

veja também