MENU

Natal e 13º salário influenciam intenção de consumo dos paulistanos

Natal e 13º salário influenciam intenção de consumo dos paulistanos

Atualizado: Quinta-feira, 1 Dezembro de 2011 as 10:17

A intenção de consumo das famílias paulistanas subiu em novembro, com influências do pagamento do 13º salário e da expectativa de novos postos de trabalho gerados pelas festas de fim de ano. A alta foi de 2,2% sobre outubro, atingindo 138,3 pontos, segundo divulgação desta quinta-feira (1º) da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). O índice varia de 0 a 200 pontos. Patamar abaixo de 100 pontos denota insatisfação e, acima dessa pontuação, satisfação.

“O ritmo de crescimento da satisfação das famílias paulistanas é reflexo das boas condições econômicas no país, principalmente na expansão da renda e do emprego. Em dezembro, por ocasião do Natal, as famílias devem ficar menos cautelosas e elevar o nível nos gastos atuais”, ressalta a federação, em nota.

Entre os componentes do índice, a maior alta do ICF ocorreu no item perspectiva profissional, de 10,1%, chegando aos 145,8 pontos.

O item renda atual cresceu 4,4% em novembro e chegou ao 152,6 pontos, seguido pelo grupo emprego atual, que teve alta de 3,5% (148,9 pontos).

O grupo acesso a crédito teve a pontuação elevada em 3,1% (159,8 pontos), a maior do ICF, o que demonstra o alto grau de facilidade na obtenção de crédito.

As famílias, contudo, se mostram receosas quanto aos gastos atuais. O item nível de consumo atual apresentou a maior queda em novembro, de 6,3%, atingindo 98,4 pontos e, portanto, ficando no patamar de insatisfação.

O item perspectiva de consumo, mesmo apresentando leve queda de 0,9% em novembro, ainda permanece na área de satisfação com 135,4 pontos.

O item momento para duráveis também registrou leve queda de 0,7%, e chegou aos 127 pontos.        

veja também