MENU

Índice das ações da Europa cai ao menor nível em dois anos

Índice das ações da Europa cai ao menor nível em dois anos

Atualizado: Segunda-feira, 8 Agosto de 2011 as 2:17

As ações europeias registraram forte queda nesta segunda-feira (8), ao menor nível em quase dois anos, no primeiro dia de negociações após o rebaixamento da nota da dívida dos Estados Unidos pela agência de classificação de risco Standard & Poor's, na sexta-feira (5).

Os investidores fugiram de ativos mais arriscados, como ações. O índice FTSEurofirst 300, que mede as principais ações europeias, caiu 3,4%, para 936 pontos, no menor patamar desde agosto de 2009.

Em dia de queda no mercado de ações, sobem o preço de investimentos considerados mais seguros, como o ouro, que bateu recorde de alta nesta segunda-feira .

O dólar também começou a semana em alta .

O índice Dax, de Frankfurt, fechou com recuo de 5,02%, aos 5,923.27 pontos. Em Londres, o índice índice Financial Times cedeu 3,39%, aos 5,068.95 pontos. O CAC 40, da Bolsa de Paris, perdeu 4.68%, aos 3,125.19 pontos.

O índice IBEX 35, de Madri, caiu 2,44%, aos 8,459.40 pontos. O FTSE MIB, de Milão, recuo 2.35%, aos 15,639.80 pontos.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanha o movimento internacional e cai neste começo de semana. Às 13h59, o Ibovespa caía 5,46%, aos 50.057 pontos.

Além do rebaixamento da nota da dívida dos EUA, a Standard & Poor's rebaixou também, nesta segunda-feira, as notas das empresas de refinanciamento hipotecário Fannie Mae e Freddie Mac, de AAA para AA+, por sua dependência direta em relação ao governo dos Estados Unidos.  

O diretor para rating soberano global da Standard & Poor's, David Beers, disse nesta segunda , em teleconferência, que a nota de crédito de risco (rating) dos Estados Unidos pode cair mais nos próximos dois anos, caso o governo norte-americano não consiga cumprir os cortes de gastos prometidos na lei sancionada pelo presidente Barack Obama na semana passada, levando a uma deterioração muito maior do que a prevista no lado fiscal no país.

Mercados asiáticos

Os mercados acionários asiáticos fecharam em queda nesta segunda-feira (8) .

O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio perdeu 2,18% nesta segunda, em meio às preocupações dos mercados financeiros da Europa e América, acrescentando a força do iene frente ao dólar.

Em Seul, o índice Kospi fechou o dia em 3,82%, seu nível mais baixo desde outubro de 2010. Durante a sessão, ele chegou a perder 6,3%.

Enquanto isso, na parte da tarde no horário local, a bolsa de Hong Kong aumentava suas perdas de rendimento de 3,88% após abrir em queda de 2,57%. Xangai perdeu 3,55%.

A bolsa de Sydney caiu 2,91%. Na sexta-feira, havia perdido 4%, sua maior queda em um só dia desde a crise financeira global.              

veja também