MENU

Índice das ações da Europa fecha na máxima em mais de 1 semana

Índice das ações da Europa fecha na máxima em mais de 1 semana

Atualizado: Quarta-feira, 17 Agosto de 2011 as 2:25

O principal índice das ações europeias fechou no maior nível em mais de uma semana nesta quarta-feira (17), com investidores se voltando para a safra de balanços corporativos e para o preço barato dos papéis.

O FTSEurofirst 300, que mede a oscilação dos mais importantes papéis europeus, subiu 0,31%, aos 972 pontos, maior nível desde 5 de agosto.

  A alta marcou uma reversão das perdas vistas no início do dia, após a decepção com o encontro entre os líderes de Alemanha e França, ocorrida na véspera. Na mínima desta sessão, o indicador chegou a recuar a 955 pontos.

A valorização dos mercados acionários em Wall Street, após a Target reportar um lucro trimestral maior que o esperado e a Staples aumentar sua perspectiva, ajudou a melhorar a confiança, levando investidores a se voltarem para ações recentemente golpeadas.

"A volatilidade continua sendo o tema fundamental dos mercados no momento. Mas ainda há muitos motivos para sermos positivos, por conta dos níveis que os preços atingiram e dos balanços corporativos muito saudáveis e também pelo fato de as companhias estarem inundadas de dinheiro", disse o estrategista de ações do Barclays Wealth Henk Potts.

"Os preços estão em um dígito em muitos mercados desenvolvidos e isso cria uma oportunidade boa de longo prazo."

As fabricantes de remédios figuraram entre as de melhor desempenho do dia, após as fortes quedas das últimas duas semanas. O índice que acompanha o setor, que acumula queda de mais de 7% neste mês, avançou 1,07%.

Os papéis da Sanofi ganharam 3%, após o Deutsche Bank colocar a fabricante francesa de remédios entre as 25 "nomes de qualidade" na Europa, ou seja, que oferecem bons preços a investidores após a recente queda.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em queda de 0,49%, a 5.331 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX caiu 0,77%, para 5.948 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 ganhou 0,73%, a 3.254 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,27%, para 15.950 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 avançou 0,62%, a 8.728 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 encerrou em alta de 0,84%, para 6.289 pontos.            

veja também