MENU

Índice de custo de vida em janeiro é o maior em sete anos, aponta Dieese

Índice de custo de vida em janeiro é o maior em sete anos, aponta Dieese

Atualizado: Terça-feira, 9 Fevereiro de 2010 as 12

O Índice do Custo de Vida (ICV) da cidade de São Paulo, calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), teve forte alta no mês de janeiro e marcou 1,72%, o maior percentual desde janeiro de 2003. Há sete anos, o ICV havia atingido 2,92%.

De acordo com o órgão, as despesas com transporte (alta de 5,05%), educação e leitura (4,1%) e saúde (1,65%) foram as que mais contribuíram para a alta do indicador. Somente a categoria transporte, graças à alta do ônibus na capital paulista, foi responsável por 0,79 ponto percentual do total do índice em janeiro.

Inflação e renda

De acordo com o Dieese, a taxa foi menor para as famílias de renda média (R$ 934,17 por mês), cuja alta do custo de vida foi de 1,82% no mês passado. A inflação foi de 1,72% para as famílias de renda alta (média de R$ 2.792,90), enquanto as mais pobres (renda média de R$ 377,49%) perceberam alta de 1,52% nos preços.

Nos últimos 12 meses (fevereiro de 2009 a janeiro de 2010), o ICV apresentou alta de 5,11%. Quando são considerados os diferentes estratos de renda, as taxas corresponderam a 4,96% para as famílias de renda baixa e média e de 5,23% para as que estão na faixa de rendimento mais alta.

veja também