MENU

No dia seguinte à morte de Steve Jobs, ações da Apple caem nos EUA

No dia seguinte à morte de Steve Jobs, ações da Apple caem nos EUA

Atualizado: Quinta-feira, 6 Outubro de 2011 as 2:39

As ações da Apple caem no início dos negócios desta quinta-feira (6) em queda, um dia depois da morte de Steve Jobs,  criador da empresa.

Depois de oscilar na abertura, os papéis da maior empresa de capital aberto do mundo caíam 0,28%, aos 1.0650 pontos, por volta das 10h45, horário de Brasília.

A queda dos papéis demonstra a reação do mercado à perda do mentor da companhia. 

De acordo com a Bloomberg, as ações da Apple já subiram mais de 9000% desde que Jobs retornou para a companhia, em 1997. O valor dos papéis da Apple mais que dobraram nos últimos dois anos, enquanto as ações da Microsoft subiram 5,1% e os da Intel mostraram valorização de 14% no mesmo período.   Jobs, que morreu nesta quarta-feira (5) aos 56 anos, criou o estúdio de animação Pixar e pai de produtos como o Macintosh, o iPod, o iPhone e o iPad.          

veja também