MENU

Número de empregados recua 0,2% na zona do euro

Número de empregados recua 0,2% na zona do euro

Atualizado: Quinta-feira, 15 Março de 2012 as 8:33

O número de pessoas empregadas na zona do euro diminuiu 0,2% no quarto trimestre do ano passado em comparação com o terceiro, informou nesta quinta-feira (15) a Eurostat, agência de estatísticas da região. No terceiro trimestre, o emprego havia recuado na mesma proporção.

A maior queda do emprego foi registrada em construção, de 1,5%, e o maior aumento ocorreu em atividades ligadas ao setor imobiliário, de 2,2%.

Na comparação com igual trimestre do ano anterior, o emprego caiu 0,2% na zona do euro, mas em todo o ano passado cresceu 0,2%. A Eurostat estima que no quarto trimestre de 2011 havia 146,4 milhões de pessoas empregadas na zona do euro.

Custo de mão de obra

O custo por hora da mão de obra aumentou 2,8% no ano até o quarto trimestre no bloco de moeda comum, um pouco mais que a alta de 2,6% apresentada no ano até o terceiro trimestre.

Salários e remunerações avançaram 2,5%. Embora levemente acima da alta de 2,4% registrada no terceiro trimestre, o porcentual é inferior à inflação média de 2,9% do período, o que indica que o salário real caiu, prejudicando a capacidade de consumo e a disposição das famílias para gastar.

O custo do trabalho aumentou 3,3% na indústria e 2,6% na construção e em serviços. As maiores quedas do custo da mão de obra ocorreram na Irlanda e em Portugal, de 1,7%.

veja também