MENU

O Índice Geral de Preços acelerou para 1,00% na segunda prévia de maio

Inflação do aluguel acumula alta de 4,23% em 12 meses

Atualizado: Segunda-feira, 21 Maio de 2012 as 8:51

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), conhecido como a inflação do aluguel, porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, acelerou para 1,00% na segunda prévia de maio. No mesmo período de abril, a variação havia sido de 0,71%, segundo informou, nesta segunda-feira (21), a Fundação Getulio Vargas (FGV). No ano, o indicador acumula alta de 2,49% e, em 12 meses, de 4,23%.


Também usado no cálculo do IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), conhecido como a inflação no atacado, variou de 0,77% para1,24%. Já a variação da inflação no varejo, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que também compõe o cálculo do IGP-M, desacelerou de 0,52% para 0,41%. As principais contribuições partiram dos preços relativos a alimentação (de 0,48% para 0,25%) e vestuário (de 0,96% para 0,26%).


Também foram registrados decréscimos nas taxas de variação de outras quatro classes de despesa: transportes (de 0,37% para 0,19%), habitação (de 0,55% para 0,39%), comunicação (de 0,07% para -0,25%) e educação, leitura e recreação (de 0,32% para 0,19%), com as maiores influências partindo de automóvel novo (de 0,28% para -0,21%), empregados domésticos (de 1,70% para 0,06%), tarifa de telefone residencial (de -0,01% para -0,63%) e excursão e tour (de -0,80% para -1,64%), respectivamente.


Ainda foi conhecido, nessa divulgação, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC). Na segunda prévia de maio, o indicador variou 0,81%, contra 0,82% no mesmo período de abril. O índice relativo a materiais, equipamentos e serviços registrou variação de 0,38%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,51%. O índice que representa o custo da mão de obra registrou taxa de 1,23%, no segundo decêndio de maio. Na apuração referente ao mesmo período do mês anterior, o índice variou 1,13%.

veja também