MENU

O que fazer com o 13º salário?

O que fazer com o 13º salário?

Atualizado: Quarta-feira, 12 Novembro de 2008 as 12

O que fazer com o 13º salário?

Neste fim de ano, 37% dos consumidores que receberão o 13º salário pretendem gastá-lo em compras. É o que informa uma pesquisa nacional feita pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) em parceria com o Ipsos. O levantamento aponta que 34% priorizarão o pagamento de dívidas, enquanto 12% têm a intenção de reformar a casa. Outros 9% pretendem aplicar o dinheiro no banco, 8% gastarão em viagens e apenas 1% dos brasileiros reservará o 13º para dar entrada na compra da casa própria ou de carro novo.

Entre os que estão dispostos a destinar o benefício às compras, a maioria (62%) pretende pagá-las à vista, enquanto 26% darão preferência a financiamentos e os outros 12% ainda não definiram a modalidade de pagamento. Na avaliação do economista da ACSP Emílio Alfieri, a procura pelo parcelamento vem diminuindo e o culpado não é necessariamente a taxa de juros, mas, o prazo, que anda encurtando. "Isso acaba impactando no valor da prestação, e ela passa a não caber mais na renda", explica.

A pesquisa mostrou que o consumidor brasileiro continua otimista apesar do atual contexto de crise no sistema financeiro internacional. O Índice Nacional de Confiança (INC) apurado pela entidade manteve-se estável em 140 pontos em outubro. No mesmo mês do ano passado, o indicador marcava 127 pontos.

A ACSP destaca que a confiança na manutenção do emprego continua sustentando o otimismo: 41% dos entrevistados declararam estar confiantes em sua situação no trabalho, enquanto 27% disseram-se "menos confiantes". No levantamento foram ouvidos mil consumidores de 70 cidades do país, além de nove regiões metropolitanas.

Comércio de carros registra recuo

A produção de veículos recuou 0,3% em outubro deste ano na comparação com o mesmo período de 2007. Em relação a setembro, houve queda de 1,3%, segundo dados divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). De acordo com a entidade, no mês passado foram produzidos 296,3 mil veículos, ante 297,2 mil em outubro de 2007 - em setembro, a produção ficou em 298.367 unidades. No acumulado do ano, a produção atingiu 2,92 milhões veículos e está 17,6% maior que no acumulado no mesmo período do ano passado.

Os licenciamentos, indicador de vendas, atingiram 239,2 mil veículos em outubro, queda de 2,1% em relação ao registrado no mesmo período de 2007, quando foram comercializadas 244,5 mil unidades. Em relação a setembro, houve baixa de 11% (268,7 mil veículos).

veja também