MENU

Obama tende a ser protecionista no começo de seu governo, diz ex-ministro da agricultura

Obama tende a ser protecionista no começo de seu governo, diz ex-ministro da agricultura

Atualizado: Sexta-feira, 23 Janeiro de 2009 as 12

O novo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, tende a ser mais protecionista no primeiro momento de seu governo, avalia Roberto Rodrigues, ex-ministro da agricultura. Segundo Rodrigues, Obama deve seguir a tendência protecionista que todos os países estão adotando por conta da crise financeira internacional. "Todas as nações tendem a proteger seus produtos nesta época de incertezas", disse.  

Mas para o ex-ministro, tão logo a crise financeira se fragilize e o mundo começe a se restabelecer, Obama poderá abrir as portas dos Estados Unidos para o comércio. O primeiro passo seria a retomada da Rodada Doha. "Assim que a crise se desfalecer, o novo presidente poderá se movimentar sobre isso", afirmou. De acordo com Rodrigues, o novo presidente é "prático e objetivo" e tende a retomar Doha a longo prazo.

Para o ex-ministro da Agricultura, o novo presidente dos Estados Unidos mostrou  em seu discurso que pode ser "uma novidade interessante com uma visão menos egoísta, pensando em distribuir riquezas. Ele demonstrou ser mais democrático, falando de agendas como sustentabilidade e aquecimento global".

Roberto Rodrigues acha que esta diversificação da pauta pode ser uma boa oportunidade para os produtos brasileiros quando a crise financeira estiver acabando. "Somos uma potência [que desenvolve] novas formas de energia, nossas carnes respeitam as regras da sustentabilidade, e temos todas as condições de vender para os americanos em um momento mais distante", disse.

veja também