MENU

Pagamento de dívidas é principal destino do 13º salário, diz Anefac

Pagamento de dívidas é principal destino do 13º salário, diz Anefac

Atualizado: Terça-feira, 9 Novembro de 2010 as 11:51

Assim como em anos anteriores, o pagamento de dívidas deve continuar sendo o principal destino do 13º terceiro salário, segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), realizada no mês passado com 567 consumidores de todos os estratos sociais.

Houve redução, no entanto, de 64% em 2009 para 57% este ano, dos que planejam destinar os recursos do 13º salário a pagar dívidas já contraídas.

Por outro lado, aumentou neste fim de ano a parcela de brasileiros que pretende usar esse recurso extra para consumir, guardar para pagar despesas compulsórias com impostos e matrículas escolares em janeiro ou simplesmente poupar.

De 2009 para 2010, aumentou de 17% para 19% a parcela dos que vão usar esse dinheiro extra para ir às compras. Entre os principais desejos de consumo estão eletrônicos e portáteis (76%), telefones celulares (75%) e computadores (50%).

"Como neste ano a economia melhorou em relação ao desempenho 2009, quando a atividade foi afetada pela crise, o brasileiro está hoje com mais renda no bolso, oferta de emprego e disponibilidade de crédito. Combinados, esses fatores alteraram o mix de gastos do 13º salário", observa o vice-presidente da Anefac e responsável pela pesquisa, Miguel Ribeiro de Oliveira.

A melhora no ambiente econômico fez com que 12% dos entrevistados declarassem que planejam aplicar parte desse salário extra para pagar gastos com impostos (IPVA e IPTU), material e matrículas escolares. No ano passado, 10% dos consumidores informaram que usariam o 13º salário dessa forma. Também aumentou, de 1% em 2009 para 3% neste ano, o porcentual dos que pretendem poupar.

veja também