MENU

Pequeno empresário continua otimista, aponta Insper

Pequeno empresário continua otimista, aponta Insper

Atualizado: Terça-feira, 29 Junho de 2010 as 3:51

O Índice de Confiança de Pequenos e Médios Negócios (IC-PMN), elaborado a cada três meses pelo instituto de ensino e pesquisas Insper, em parceria com o banco Santander , mostra que os pequenos empresários estão otimistas em relação ao próximo trimestre. Em uma escala de 0 a 100, a medição ficou na marca dos 75,4 pontos, só 0,5 ponto acima do último indicador. "Um resultado ligeiramente superior do que o último indica uma estabilização do otimismo", explica o professor de economia do Insper, José Luiz Rossi.

O estudo analisa a percepção dos empresários em relação a seis pontos: a economia do país, o ramo de atuação, o faturamento, o lucro, os funcionários e o investimento em infraestrutura. Foram consultadas 1200 empresas de todo o país, com faturamento de até 30 milhões de reais ao ano e de três setores principais: serviços, indústria e comércio. Os empresários do setor de serviços foram os que se mostraram mais otimistas em relação ao terceiro trimestre, seguidos pelos do comércio e da indústria.

Sobre o que o próximo governo pode fazer para melhorar o ambiente de negócios, os pequenos e médios empresários garantem que a prioridade é a reforma tributária, seguida por redução na taxa de juros e investimento em qualificação de mão de obra. 

O índice começou a ser feito em 2008 e registrou alta nos últimos três trimestres. Na análise regional, o Nordeste teve o maior crescimento no nível de confiança. "Esse crescimento pode ter sido impulsionado pelo fato da região ter mais empresas que atendem ao mercado doméstico", explica Rossi. 

veja também