MENU

Perdas foram limitadas por dados sobre melhora da indústria da região

As ações asiáticas caíram nesta quinta-feira (1º)

Atualizado: Quinta-feira, 1 Novembro de 2012 as 8:22

 

As ações asiáticas caíram nesta quinta-feira (1º), mas as perdas foram limitadas por pesquisas mostrando que a atividade industrial da região melhorou, com os PMIs oficial e privado do setor industrial da China confirmando uma recuperação na tendência de crescimento, mesmo que de forma lenta.
 
O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial de outubro da China subiu para 50,2 em outubro ante 49,8 em setembro, apontando para expansão da atividade industrial na segunda maior economia do mundo. A leitura final do PMI do HSBC atingiu o maior nível em oito meses de 49,5.
 
A indústria da Indonésia, Taiwan e Índia melhorou, enquanto na Austrália contraiu pelo oitavo mês em outubro.
 
"O sentimento geral está otimista e as encomendas chinesas estão sugerindo uma recuperação moderada", afirmou o estrategista sênior do Daiwa Securities Hirokazu Yuihama. "Mas o afrouxamento monetário global fortaleceu as moedas da Coreia do Sul e de Taiwan, onde as taxas de juros são relativamente maiores, prejudicando suas economias guiadas por exportações e ofuscando a melhora geral."
 
Às 7h46 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,17%. A pequena melhora na atividade industrial chinesa ajudou o índice a diminuir levemente perdas iniciais.
As ações australianas recuaram 1,31%, à medida que mineradoras e bancos puxaram a maior queda percentual diária desde o final de julho. Dados mostrando que o setor industrial da Coreia do Sul encolheu pelo quinto mês seguido em outubro, mesmo que num ritmo mais fraco, pesaram sobre as ações de Seul, que perderam 0,71%.
 
Mas as ações da China levaram os mercados de Hong Kong ao seu melhor desempenho diário em cerca de um mês, superando os seus parceiros asiáticos, uma vez que uma notícia de que governos municipais estão diminuindo as restrições no setor imobiliário ajudaram a impulsionar o sentimento.
 
O índice Hang Seng de Hong Kong avançou 0,83% e Xangai saltou 1,72%.
 
O índice Nikkei do Japão fechou em alta de 0,21%, com alguns resultados corporativos não tão ruins como temido.
 
A bolsa de Cingapura caiu 0,39%, enquanto Taiwan avançou 0,19%.
 

veja também