MENU

Policiais que brigaram no Centro do Rio serão indiciados

Policiais que brigaram no Centro do Rio serão indiciados

Atualizado: Segunda-feira, 17 Outubro de 2011 as 4:29

Os dois policiais, um civil e um militar, que se envolveram em uma briga nesta segunda-feira (17) serão indiciados, segundo informou o delegado Diogo Teixeira, da 5ª DP (Mem de Sá). Segundo o 5º BPM (Praça da Harmonia), o PM fazia o cordão de isolamento da área no entorno de onde houve a explosão, na Praça Tiradentes , no Centro, na quinta-feira (13), quando começaram a discutir. Já o policial civil trabalharia no Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE).

De acordo com o 5º BPM (Praça da Harmonia), a confusão teria começado quando o policial civil passou pelas fitas de isolamento. O PM teria chamado a atenção do agente da Polícia Civil e os dois começaram a discutir, e, em seguida, se agrediram.

O policial militar foi inicialmente autuado por abuso, lesão corporal e injúria, enquanto o policial civil irá responder, também inicialmente, por lesão corporal, desacato e desobediência, de acordo com a Polícia Civil.

Devido à falta de testemunhas para prestar depoimentos sobre o incidente, o delegado Teixeira entendeu que as versões dos dois policiais são verdadeiras, justificando a autuação de ambos. Os policiais envolvidos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) onde realizaram exame de corpo de delito e ficaram constatadas as lesões corporais.

Segundo a Polícia Civil, o 5º BPM informou que abriu sindicância para apurar os excessos do policial envolvido e que o comandante do batalhão, coronel Amaury Simões, retirou o soldado do serviço na área do restaurante. A Corregedoria Interna da Polícia Civil (Coinpol) vai abrir sindicância para apurar a conduta do policial civil.

Após a briga, os policiais foram levados para a 5ª DP (Mem de Sá) e seguiram para um hospital da região, onde passaram por exames.          

veja também