MENU

Posco dá perspectiva cautelosa e lucro abaixo das previsões

Posco dá perspectiva cautelosa e lucro abaixo das previsões

Atualizado: Sexta-feira, 22 Abril de 2011 as 5:44

O resultado anual da Posco pode ser pressionado por uma demanda frágil e por custos elevados de matérias-primas. Com uma queda de 36% no lucro trimestral, a terceira maior produtora de aço do mundo ficou abaixo das expectativas.

O setor global de aço, considerado um barômetro da saúde da economia em geral, enfrenta margens reduzidas devido à produção recorde da China e aos preços altos de minério de ferro e petróleo.

O aperto da China também pressiona a demanda por aço e o terremoto do Japão reduz as perspectivas de demanda de importantes consumidores, como montadoras de veículos e construtoras de navios, que têm dificuldades para normalizar a produção.

"Os lucros devem melhorar gradualmente, mas eu não espero uma expansão da demanda. Portanto, não haverá um forte impulso para as ações [da Posco]", disse Cha Kyung-jin, gestor de fundos da Golden Bridge Asset Management, que possui as ações da Posco.

"Também, não há sinais claros de crescimento no mercado de construção chinês, algo que pode pesar sobre a demanda futura", disse Cha.

As ações da Posco, que tem a Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett, como principal acionista, tiveram um desempenho ruim neste ano.

A JFE Holdings, quinta maior fabricante de aço do mundo, anunciou uma queda de 67% no lucro trimestral, com o terremoto do Japão reduzindo embarques.

O diretor-financeiro da Posco, Choi Jong-tae, disse que o lucro operacional anual da companhia deve ser maior que o do ano passado, ajudado por preços mais altos. Ele não deu uma meta para o lucro, porém.

Nesta semana, a Posco elevou os preços domésticos de aço em 16% a 18%, primeiro aumento desde julho do ano passado, refletindo os custos maiores de minério de ferro, que subiram mais de 30% desde julho.  

veja também