MENU

Precisa comprar material para os filhos? Os artigos de papelaria ficaram, em média, 7,6% mais caros

Precisa comprar material para os filhos? Os artigos de papelaria ficaram, em média, 7,6% mais caros

Atualizado: Sexta-feira, 4 Janeiro de 2013 as 2:50

 

Segundo dados do IBGE, no último ano, os artigos de papelaria ficaram, em média, 7,6% mais caros. Para escapar do peso desses aumentos no bolso, o consumidor precisa pesquisar.
 
Quem acha difícil sair de papelaria em papelaria para encontrar os melhores preços, já descobriu que com o auxílio da tecnologia é possível economizar dinheiro e tempo.
 
 
Algumas papelarias enviam os orçamentos por e-mail. Nelas, o número de pedidos aumenta muito até o fim de janeiro. “Uns 100, 150 por dia. A última semana é uma loucura e aí chega uns 300 orçamentos por dia. Daí para mais”, relata o comerciante Leonardo Meyer.
 
Pela internet, a advogada Andreza Marques pesquisou em seis lojas e escolheu a papelaria que cobriu os melhores preços da concorrência e ainda deu 10% de desconto à vista. “A pesquisa é muito importante, porque você tem como diminuir o dinheiro que sai do seu bolso. Então você economiza em uma coisa e você pode usar com o seu próprio filho, em outra atividade”, conta.
 
Para quem prefere ir à papelaria, o difícil é resistir ao que os olhos vêem. Levar criança também é um perigo para o bolso. A dentista Ana Carolina Carneiro, por exemplo, escolheu uma caixa de lápis de cor para o filho, mas Lucas queria outra, R$ 20 mais cara.
 

veja também