MENU

Preço de alimento sobe menos, e IPC-S desacelera em prévia, diz FGV

Preço de alimento sobe menos, e IPC-S desacelera em prévia, diz FGV

Atualizado: Segunda-feira, 24 Outubro de 2011 as 10:45

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) desacelerou para  0,31% na terceira semana de outubro, taxa 0,08 ponto percentual abaixo da registrada na  apuração anterior. De acordo com a Fundação Getulio Vargas ( FGV ), que divulgou o índice nesta segunda-feira (24), essa é a menor taxa de variação desde a segunda semana de agosto de 2011,  quando o índice havia ficado em 0,17%.

Das sete classes de despesa que integram o cálculo do índice, seis mostraram desaceleração, com destaque partindo do grupo alimentação (de 0,17% para 0,03%). As maiores influências partiram de panificados e biscoitos (de 0,77% para 0,21%), adoçantes (de 2,05% para 0,60%) e laticínios (de 1,44% para 0,98%).

Também apresentaram comportamento semelhante os grupos de gastos com transportes (de 0,13% para -0,02%), habitação (de 0,70% para 0,64%), despesas diversas (de 0,35% para 0,26%), saúde e cuidados pessoais (de 0,44% para 0,41%) e vestuário (de 0,82% para 0,81%).

Nessas classes de despesa, os maiores destaques partiram de gasolina (de 0,00% para -0,19%), taxa de água e esgoto residencial (de 2,71% para 1,95%), alimento para animais domésticos (de 2,82% para 2,22%), serviços de cuidados pessoais (de 0,74% para 0,38%) e calçados (de 0,87% para 0,42%).

Na contramão, a taxa de variação do grupo educação, leitura e recreação acelerou, de 0,14% para 0,27%), com de show musical (de -1,96% para -1,00%).      

veja também