MENU

Preço do metro quadrado sobe, mas em ritmo mais moderado, diz FipeZap

Preço do metro quadrado sobe, mas em ritmo mais moderado, diz FipeZap

Atualizado: Segunda-feira, 5 Dezembro de 2011 as 10:53

O índice FipeZap Composto, que acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em seis municípios e no Distrito Federal, teve alta em novembro na comparação com outubro, mas a variação positiva vem desacelerando desde abril, quando teve alta de 2,7%. Em novembro, a alta foi de 1,4% em relação a outubro, a menor em 15 meses. Na pesquisa anterior, o índice havia avançado 1,6% de setembro para outubro e 1,9% de agosto para setembro.

O índice composto inclui as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Salvador e o Distrito Federal.

No acumulado em 12 meses, o preço médio das sete regiões pesquisadas aumentou 27,6%, com Rio de Janeiro (+37,4%) e Recife (+28,8%) liderando a alta.

No mês passado, o aumento acumulado em 12 meses na capital fluminense era de 40%, outro sinal de desaceleração no mercado que acumula a maior alta em 2011 (+33,4%). Desde janeiro de 2008, a alta na cidade foi de 152%.

Na divisão por bairros, os preços mais altos seguem sendo registrados no Leblon, onde o metro quadrado anunciado ultrapassou R$ 17 mil pela primeira vez e, em Ipanema, onde o metro quadrado anunciado mediano foi de R$ 15.012.

Em São Paulo, a alta de 1,7% também foi menor do que nos meses anteriores. No acumulado do ano, os preços anunciados subiram em média 25% e, desde janeiro de 2008, a alta foi de 120%.

A região do Ibirapuera/Vila Nova Conceição manteve o posto de líder no preço por metro quadrado anunciado, com valor de R$ 9.354, seguida pelo Jardim Paulistano e pela Chácara Itaim.

Considerando todos os bairros pesquisados, o preço médio do metro quadrado em novembro ficou entre R$ 7.936, no Distrito Federal, e R$ 3.514, em Salvador. Em São Paulo, foi de R$ 5.984, e no Rio de Janeiro, R$ 7.341. Na média das sete regiões, o valor do metro quadrado anunciado foi de R$ 6.120

veja também