MENU

Preço do ouro atinge nível recorde

Preço do ouro atinge nível recorde

Atualizado: Segunda-feira, 8 Agosto de 2011 as 10:45

Em época de incerteza global, investidores voltam

a correr para o ouro em busca de segurança.

(Foto: AFP)

  A cotação do ouro registrou um novo recorde na manhã desta segunda-feira (8), superando a barreira dos US$ 1.700 (28,6 g) a onça pela primeira vez.

A razão para a subida do preço é a  busca dos investidores por aplicações consideradas mais seguras como os metais preciosos, depois que a agência de avaliação de risco financeiro Standard and Poor's (S&P) reduziu na sexta-feira (5) a nota da dívida pública dos Estados Unidos, algo inédito na história. Durante a manhã desta segunda, o ouro atingiu a cotação máxima de US$ 1.715,75 nas negociações, nível recorde.

O preço do ouro já subiu 20% em 2011, acompanhando o crescimento da crise da dívida nos Estados Unidos.

O rebaixamento gerou incerteza ao piorar a nota dos Estados Unidos, que até então era considerado o melhor pagador do mundo entre os muitos países que emitem papéis para vender e pegar dinheiro emprestado no mercado financeiro.

Os títulos dos EUA, vendidos no mercado pelo Tesouro americano, são tão confiáveis que valem o mesmo que dinheiro nos balanços financeiros de empresas e bancos, por exemplo. Após a redução da nota, o mercado ainda avalia que efeitos isso trará ao mercado.     O ouro no mercado à vista tem apresentado forte valorização nas últimas semanas, período que foi marcado pela incerteza em torno da capacidade dos Estados Unidos de honrar suas dívidas.

A incerteza econômica global aumenta o apelo entre os investidores de ativos considerados de menos risco, como ouro e prata. O metal precioso é utilizado como moeda desde as épocas mais remotas - as primeiras cunhagens conhecidas datam de 568 A. C.

A onça encerrou a sessão de segunda-feira no mercado de Hong Kong a US$ 1.706,50 , em um dia de fortes baixas nas bolsas asiáticas após o rebaixamento da nota da dívida dos Estados Unidos, sexta-feira, pela agência Standard and Poor's.

Na sexta-feira, o ouro fechou com a cotação de  US$ 1.656 a onça.          

veja também