MENU

Preços dos apartamentos têm menor alta do ano em outubro, diz Fipe

Preços dos apartamentos têm menor alta do ano em outubro, diz Fipe

Atualizado: Sexta-feira, 4 Novembro de 2011 as 9:37

Os preços de apartamentos medidos pelo Índice FipeZap em sete regiões brasileiras subiram 1,6% em outubro sobre setembro, a menor taxa do ano, divulgou nesta sexta-feira (4) a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Em setembro, a alta havia sido de 1,9%. A taxa apresenta desaceleração desde abril, quando aumentou 2,7%, diz a fundação.

O índice acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 6 municípios brasileiros e no Distrito Federal, com base nos anúncios de apartamentos prontos do site Zap Imóveis.

A variação acumulada no ano foi de 23%. No acumulado em 12 meses, o preço médio das 7 regiões pesquisadas aumentou 29%, com Rio de Janeiro (alta de 40%) e Recife (aumento de 29%) liderando a alta. A capital fluminense também lidera a alta acumulada em 2011, com elevação de 31%. Desde janeiro de 2008, a alta na cidade foi de 148%, diz a pesquisa.

Preços por localidade

Em São Paulo, os preços anunciados subiram em média 23% em 2011. Desde janeiro de 2008, a alta foi de 117% na capital paulista. A região do Ibirapuera/Vila Nova Conceição ultrapassou o valor de R$ 9.000 por metro quadrado anunciado e manteve o posto de líder.

No Rio de Janeiro, os maiores valores estavam no Leblon, onde o metro quadrado foi anunciado por R$ 16.608, e lidera a lista dos maiores preços. O menor preço da cidade, por outro lado, foi registrado no bairro Coelho Neto, onde o valor mediano anunciado do metro quadrado foi de R$ 971, ou 17 vezes menor do que o de Leblon, aponta a Fipe.

Considerando os bairros pesquisados, o preço médio do metro quadrado em outubro ficou entre R$ 7.914 (Distrito Federal) e R$ 3.487 (Salvador). Em São Paulo, foi de R$ 5.885 e no Rio de Janeiro, de R$ 7.218. Na média das 7 regiões, o valor do metro quadrado anunciado foi de R$ 6.032, aponta a fundação.        

veja também