Primeira prévia aponta alta na "inflação do aluguel" em 2010

Primeira prévia aponta alta na "inflação do aluguel" em 2010

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:28

A inflação calculada pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou alta de 0,27% na primeira prévia de janeiro, segundo dados divulgados nesta terça-feira, dia 12, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). No mesmo período de dezembro, o indicador, utilizado para reajustar a maioria dos contratos de aluguel residencial, variara -0,16%.

Apesar da alta em janeiro, o indicador ainda acumula deflação nos últimos 12 meses, de 1,02%.

Entre os índices que compõem o IGP-M, a maior aceleração foi registrada no Índice de Preços por Atacado (IPA), cuja taxa passou de -0,35% na primeira prévia de dezembro para 0,25% no mesmo período deste mês.

No atacado, os produtos agropecuários tiveram nova deflação, de 0,09%, porém menos intensa do que em dezembro, quando a queda nos preços foi de 1,09%. Já os produtos industriais, cuja taxa ficara em -0,10% no mês passado, subiram 0,36% em janeiro.

Os preços ao consumidor também pressionaram para cima o IGP-M. A variação do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) passou de 0,13% na primeira prévia de dezembro para 0,40%, impulsionada, sobretudo, pela taxa dos alimentos, que passou de -0,24% para 0,79% na mesma comparação. Também ficaram maiores as taxas dos grupos saúde e cuidados pessoais (de 0,21% para 0,37%) e transportes (de 0,29% para 0,37%).

Em contrapartida, tiveram suas variações reduzidas os grupos: educação, leitura e recreação (de 0,20% para 0,05%), habitação (de 0,21% para 0,12%), despesas diversas (de 0,11% para &S208;0,01%) e vestuário (e 1,16% para 1,04%).

Terceiro componente do IGP-M, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) foi o único a registrar queda em sua taxa de variação, de 0,28% para 0,07%.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições