MENU

Principais bolsas da Ásia terminam jornada em baixa

Principais bolsas da Ásia terminam jornada em baixa

Atualizado: Terça-feira, 28 Dezembro de 2010 as 9:43

Nos principais mercados acionários da Ásia ainda pesam preocupações sobre o crescimento da segunda maior economia do mundo, após o aperto monetário anunciado pela China no último fim de semana. O iene fortalecido e as perspectivas de uma demanda para exportação mais baixa também desanimaram os investidores, o que provocou um movimento de desvalorização das commodities.

Na bolsa de Tóquio, o índice Nikkei 225 encerrou a jornada em queda de 0,61%, aos 10.292,63 pontos. A petroleira japonesa Inpex viu suas ações recuarem 1,7%, enquanto os papéis da líder em commodities Mitsubishi Corp. declinaram 0,6%.

O volume negociado na bolsa japonesa foi o mais fraco desde dezembro de 2008. No fim de semana, o governo chinês elevou as duas principais taxas de juros do país em 0,25 ponto percentual. Com isso, a taxa de empréstimo subiu a 8,51%, e a taxa de depósito, a 2,75%.

Vale lembrar que em outubro as taxas já haviam subido e que, nesse meio tempo, a China também elevou o compulsório sobre os depósitos. Com receios sobre novas medidas e com o objetivo de conter o crédito, o setor financeiro também foi afetado.

As ações do terceiro maior banco do Japão em valor de mercado, o Mizuho Financial Group, chegaram a recuar 1,3% no pregão desta terça-feira. Em Hong Kong, o índice Hang Seng registrou queda de 0,93%, aos 22.621,73 pontos, enquanto em Xangai, o Shanghai Composite desvalorizou 1,74%, para 2.732,99 pontos.

Na direção oposta, a bolsa de Seul apresentou alta de 0,55%, com o índice Kospi marcando 2.033,32 pontos. As praças acionárias da Austrália e da Nova Zelândia não operaram hoje em decorrência de um feriado.

veja também