MENU

Procura por empréstimos começa em queda em 2010

Procura por empréstimos começa em queda em 2010

Atualizado: Segunda-feira, 8 Fevereiro de 2010 as 12

A busca por crédito do consumidor brasileiro começou o ano em queda, com diminuição de 1,1% em janeiro na comparação com dezembro do ano passado, segundo dados divulgados pela Serasa Experian nesta segunda-feira (8). As duas altas registradas na procura por empréstimos, entre novembro e dezembro de 2009, ocorreram devido às festas de final de ano e o pagamento do 13º salário.

A maior freada nas concessões de crédito ocorreu nas famílias de baixa renda. O recuo foi de 1% entre os consumidores com rendimentos de até R$ 500, e de 3,1% entre os consumidores para as famílias que ganham entre R$ 500 a R$ 1.000. 

A queda foi menor entre as famílias com os maiores salários. Para quem tem renda entre R$ 2.000 e R$ 5.000 a diminuição foi de 0,6%. A procura por empréstimos entre as pessoas que recebem de R$ 5.000 a R$ 10 mil caiu 0,5% - mesmo índice dos que ganham mais de R$ 10 mil por mês. A única exceção do indicador foram as pessoas que ganham entre R$ 1.000 e R$ 2.000, que tiveram aumento de 0,4% na p. 

Baixa renda

Os brasileiros com renda de até R$ 500 tiveram crescimento na procura por crédito, de 1,9%, na comparação entre janeiro desde ano e de 2009. Esse foi o primeiro crescimento desde novembro de 2008, ou seja, o primeiro em 13 meses.

A procura por empréstimo teve aumento em todas as rendas, na comparação janeiro 2010/2009, de 14%. Esse resultado é atribuído aos analistas da Serasa devido a recessão da economia e a queda na confiança dos consumidores.

veja também