MENU

Produção de veículos cai 4,9% em abril, diz Anfavea

Produção de veículos cai 4,9% em abril, diz Anfavea

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2011 as 11:34

A produção nacional de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus) caiu 4,9% em abril na comparação com março. De acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), divulgados nesta sexta-feira (6), saíram das linhas de montagem no mês passado 280.128 unidades, contra 294.482 em março.

No entanto, ao comparar com a produção de abril de 2010, é observada alta de 1,9%, já que naquele mês haviam sido fabricados 274.830 veículos.

Assim, o volume que saiu das linhas de montagem entre janeiro e abril superou os números do mesmo intervalo de 2010 em 4,1% e representa novo recorde para o trimestre. Os primeiros quatro meses do ano fecharam com 1.115.945 unidades produzidas, contra 1.061.904 unidades no mesmo período do ano passado.

Segmentos

Ao destacar por segmentos, a produção de automóveis e comerciais leves somou 263.343 unidades no mês. O volume é 4,6% menor em relação ao registrado em março, com 275.988 carros.

No acumulado, o segmento soma 1.035.318 unidades, volume 4,4% superior ao registrado entre janeiro e abril de 2010.

O segmento de caminhões teve queda de 8,9%: de 14.735 em março para 13.417 unidades em abril. Porém, no acumulado, de janeiro a abril, foram fabricadas 57.532 unidades, crescimento de 1% ao comparar com as 56.953 unidades que saíram das linhas no mesmo período de 2010.

No caso do segmento de ônibus também houve queda no mês, de 10,4%. Ao todo foram produzidas em abril 3.368 unidades, contra as 3.759 em março. No acumulado, há queda de 2,8%, com 11.151 unidades fabricadas entre janeiro e abril.

Exportações

As exportações apresentaram alta. De acordo com a Anfavea, 48.674 veículos foram vendidos para o mercado externo em abril. O volume representa aumento de 13,9% em relação às 42.724 unidades exportadas em março. No acumulado, o crescimento chega a 9,1%, de 154.217 veículos comercializados a outros países em 2010 para 168.206 neste ano.

No caso das exportações em valores, abril fechou com alta de 12,8%, com US$ 1,32 bilhão (inclui máquinas agrícolas). Isso porque em março havia sido exportado o equivalente a US$ 1,17 bilhão. No acumulado do quadrimestre, o volume soma US$ 4,6 bilhões.

Ao comparar com os US$ 3,53 bilhões exportados no mesmo período de 2010, o resultado representa expansão de 30,3%.

Importações

Segundo dados da Anfavea, o licenciamento total de veículos novos somou em abril 289.189 unidades, sendo que 272.911 são exclusivamente de automóveis e comerciais leves. Desse volume, a entidade aponta 22,2% de veículos importados, ou seja, 63.790 carros comercializados no país vieram do mercado externo. Ao somar caminhões e ônibus importados, esse volume chega a 64.060.

Com esse aumento, a porcentagem de veículos flex na nova frota nacional caiu para 83,3%. No mesmo mês de 2010, a participação dos carros bicombustíveis nas vendas de carros novos era de 86,6%.

Emprego

Com o crescimento da indústria automobilística contínuo, o índice de emprego permanece em alta. As fabricantes de veículos e máquinas agrícolas fecharam o mês de abril com 141.020 pessoas empregadas diretamente. Na comparação com março, o aumento de funcionários contratados foi de 1%. Ao considerar abril de 2010, a expansão do emprego chega a 9,5%.

veja também