MENU

Progresso em união fiscal na UE anima bolsas asiáticas

Progresso em união fiscal na UE anima bolsas asiáticas

Atualizado: Segunda-feira, 12 Dezembro de 2011 as 9:35

A maioria das bolsas de valores asiáticas fecharam em alta nesta segunda-feira (12), após a obtenção de um acordo para buscar uma união fiscal maior na Europa. O acordo encorajou investidores a assumir mais riscos.

O índice MSCI das ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,27%, após queda de 2,8% na sexta-feira e declínio de 3,5% no acumulado da semana passada. Em Tóquio, o índice Nikkei ganhou 1,37%. Vinte e seis dos 27 líderes da União Europeia concordaram na sexta-feira (9) em buscar regras fiscais mais duras para a zona do euro e também em conceder 200 bilhões de euros em empréstimos bilaterais dos Estados do bloco monetário ao Fundo Monetário Internacional (FMI), para ajudar a combater a crise.

"Houve certo progresso na Europa, como ter um acordo sobre financiamento, que ajuda o sentimento negativo a retroceder e o apetite por risco a voltar", disse Masafumi Yamamoto, estrategista-chefe de câmbio do Barclays em Tóquio.

O euro, porém, pressionado pela opinião de que os problemas de dívida da região estão longe de serem resolvidos, perdeu valor no pregão asiático. A Moody's disse que espera reavaliar as notas de crédito de países do euro no primeiro trimestre de 2012.

Outros mercados voltaram o foco para a desaceleração da economia global.

O índice referencial de Xangai recuou 1,02% em meio a um giro financeiro fraco, para o menor patamar desde abril de 2009, com investidores nervosos sobre uma possível resposta de política monetária de Pequim, depois que dados mostraram sério risco de uma desaceleração forte da indústria. Em Hong Kong, o mercado perdeu 0,06%.

O índice de Seul subiu 1,33%. A bolsa de Taiwan ganhou 0,81%. Cingapura avançou 0,26% e Sydney fechou com valorização de 1,19%.        

veja também