MENU

Qantas detecta anomalias em turbinas dos aviões A380

Qantas detecta anomalias em turbinas dos aviões A380

Atualizado: Segunda-feira, 8 Novembro de 2010 as 10:24

A companhia aérea australiana Qantas anunciou que detectou leves anomalias em algumas turbinas dos Airbus A380. Os aviões da empresa devem permanecer no chão por mais tempo que o previsto, após uma avaria registrada em pleno voo na quinta-feira (4) passada.

"Em três motores detectamos leves anomalias, óleo onde não devia existir nos motores", afirmou o diretor geral da empresa, Alan Joyce, à emissora de rádio e televisão pública ABC. "São motores novos em um avião novo, e não deveriam ter este tipo de problema".

"Pensamos que pode ser um problema de material ou um problema de concepção nos motores", completou o diretor.

Na quinta-feira da semana passada, um Airbus A380 da Qantas foi obrigado a retornar ao aeroporto de Cingapura para um pouso de emergência, após uma explosão em uma das quatro turbinas modelo Rolls-Royce pouco depois da decolagem.

No dia seguinte, um Boeing 747, também de Qantas - que entre seus passageiros tinha o comandante do A380 acidentado da véspera e seus dois pilotos - também teve que retornar a Cingapura por uma avaria em outro tipo de motor Rolls-Royce.

A Qantas não registrou nenhum acidente fatal em 90 anos de existência.

O incidente do A380 foi o primeiro desta gravidade desde o início do uso do modelo, o maior avião de passageiros do mundo, com capacidade para transportar mais de 500 pessoas, em voos comerciais em 2007.

veja também