MENU

Quase R$ 7 bi em títulos públicos estão nas mãos de pessoas físicas

Quase R$ 7 bi em títulos públicos estão nas mãos de pessoas físicas

Atualizado: Segunda-feira, 21 Novembro de 2011 as 2:56

A Secretaria do Tesouro Nacional informou nesta segunda-feira (21) que as vendas de títulos públicos para pessoas físicas pela internet, por meio do programa conhecido como "Tesouro Direto", somaram R$ 230 milhões em outubro.

Com este resultado, o volume total de títulos nas mãos dos pequenos investidores, ainda segundo o governo, somou R$ 6,95 bilhões no mês passado, o que representa um crescimento de 63,6% sobre outubro de 2010 e de 49,4% sobre o fim do ano passado (R$ 4,65 bilhões).

Em valores, o estoque subiu R$ 2,29 bilhões no acumulado dos dez primeiros meses deste ano, volume que já supera a elevação registrada em todo ano passado - de R$ 2,23 bilhões.

No Tesouro Direto, criado em janeiro de 2002, os investidores pessoa física podem comprar títulos públicos pela internet, por intermédio de um banco ou corretora, sem precisar aplicar em um fundo de investimentos para isso.

Para o ano que vem, o governo já anunciou mudanças nas regras do Tesouro Direto para aumentar o número de investidores cadastrados. Em outubro deste ano, a base de clientes do programa somou 267,5 mil,  contra 214,6 mil investidores no fim do ano passado.

Os números do programa mostram que os investidores estão buscando um rendimento acima da inflação, visto que, no fim do mês passado, mais da metade do estoque de papéis emitidos (51,1%)  eram remunerados por índices de preços (inflação) - proporcionando assim um rendimento real.  Em segundo lugar, aparecem os títulos prefixados, com participação de 35,2% no estoque, seguidos pelos papéis atrelados à variação dos juros básicos da economia (13,7%).      

veja também