MENU

Receita da fabricante recuou 8%, para US$ 14,5 bilhões, no período

Lucro da Dell no segundo trimestre recua 18% para US$732 mil

Atualizado: Quarta-feira, 22 Agosto de 2012 as 9:29

A fabricante de computadores norte-americana Dell disse na terça-feira (21) que os lucros da companhia recuaram 18% no segundo trimestre em relação ao mesmo período de 2011.

Segundo a empresa, o lucro recuou para US$ 732 milhões, ou US$ 0,42 por ação, o que deve comprometer sua previsão de ganhos para o ano. No mesmo período de 2011, a companhia registrou lucro líquido de US$ 890 milhões, ou US$ 0,48 por ação.

O ganho por ação foi de US$ 0,50 excluindo itens especiais, abaixo das projeções de mercado. Já a receita recuou 8%, para US$ 14,5 bilhões, abaixo dos US$ 14,64 bilhões previstos em média por analistas, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.
A fabricante também projetou que sua receita recuará entre 2% e 5% no terceiro trimestre fiscal ante o segundo, o que equivale a uma faixa de US$ 13,8 bilhões a US$ 14,2 bilhões. A previsão é menor do que a estimativa de Wall Street, de US$ 14,85 bilhões. Excluindo itens não recorrentes, a empresa lucrou US$ 0,50 por ação, acima da média das estimativas de US$ 0,45. A ação da Dell recuou para US$ 11,98 no after-market, após fechar a US$ 12,34 no Nasdaq.

A Dell, fundada pelo atual presidente-executivo, Michael Dell, encontra-se em processo de reformulação, equilibrando aquisições e a necessidade de engordar as margens por meio de uma redução de despesas, mesmo num momento em que os gastos de consumidores com tecnologia parecem estar recuando no mundo inteiro.

A Dell já foi a maior fabricante de computadores do mundo, mas tem perdido fatia de mercado e agora é obrigada a lidar com fabricantes asiáticas, como a Acer e a Lenovo. Em maio, a companhia alertou que os gastos mundiais com tecnologia estão desacelerando a ritmo mais rápido do que o esperado.

veja também