MENU

Retomada não será completa até que emprego se recupere, diz Obama

Retomada não será completa até que emprego se recupere, diz Obama

Atualizado: Quinta-feira, 11 Fevereiro de 2010 as 12

O presidente norte-americano, Barack Obama, alertou nesta quinta-feira (11) que a recuperação do país não estará completa até que o emprego se recupere e até que a situação fiscal melhore.

"Até que empregos sejam criados em substituição aos que foram perdidos - (ou seja) até que a América esteja de volta ao trabalho, meu governo não descansará e essa recuperação não estará finalizada", disse ele em discurso ao Congresso.

Obama pediu que o Congresso aprove novas medidas para estimular a contratação e reiterou sua promessa de controlar o déficit orçamentário.

"Para criar empregos e aumentar a renda da classe média no longo prazo, precisamos exportar mais e emprestar menos do mundo e temos que guardar mais dinheiro ou ter menos dívidas internamente", afirmou. 

Crescimento do emprego

Um novo prognóstico da economia americana divulgado nesta quinta-feira pela Casa Branca assinala que haverá um crescimento do emprego este ano a um ritmo de 95 mil novos postos mensais, mas que a taxa de desemprego se manterá em alta.

O relatório econômico anual do presidente Barack Obama ao Congresso indica que a economia começa a sair de um período de perda de postos de trabalho provocado pela pior recessão registrada em décadas no país.

Mas o informe alerta que a taxa de desemprego não cairá muito abaixo de seu atual registro de 9,7%, e poderá aumentar ainda mais devido ao crescimento da força de trabalho.

O prognóstico da Casa Branca, cuja maioria dos dados já foram difundidos com os documentos do orçamento, avalia em torno de 3% o aumento do produto doméstico em 2010 e uma média de 10% para a taxa do desemprego.

veja também