MENU

Salário de recém-contratados tem aumento médio de 4,86%

Salário de recém-contratados tem aumento médio de 4,86%

Atualizado: Quinta-feira, 15 Julho de 2010 as 4:05

A média dos salários pagos a trabalhadores recém-admitidos teve aumento real de 4,86% na comparação com o primeiro semestre de 2009, passando de R$ 783,08 para R$ 821,13 em 2010. A conclusão consta do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado hoje (15) pelo ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi. Segundo Lupi, trata-se do dado mais relevante entre os que foram apresentados hoje. No período entre 2003 e 2010, os salários médios de admissão tiveram, em nível nacional, trajetória de crescimento, passando de R$ 635,85 naquele ano para R$ 821,13 em 2010. "É um aumento real de 29,14%", disse ele. A unidade federativa que apresentou maior elevação nesse quesito foi Rondônia, por causa das contratações para as obras das usinas hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, no Rio Madeira. Lá, o aumento do salário de admissão foi de 59,46%. Outros estados que se destacaram foram o Piauí (55,19%), o Maranhão (46,50%) e a Bahia (46,14%). Os que obtiveram menor ganho real foram o Distrito Federal (12,13%), o Amazonas (15,16%) e São Paulo (19,41%).

Segundo o Caged, o aumento real do salário médio de admissão foi maior para os homens, chegando a 5,06%, ante os 4,33% relativos às mulheres. Com isso, a relação entre o salário médio de admissão feminino, na comparação com o masculino, passou de 88,52% em 2009, para 87,90% em 2010.

veja também