MENU

Salário médio de admissão sobe 29,51% em oito anos

Salário médio de admissão sobe 29,51% em oito anos

Atualizado: Quinta-feira, 2 Dezembro de 2010 as 10:46

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) informou hoje que o salário médio de admissão registrou aumento de 29,51% nos últimos oito anos. O índice considera valores reais, ou seja, desconta a inflação. A estimativa leva em conta o período de 2003 a 2010, durante o governo Lula. Foram utilizadas informações da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do MTE.

Entretanto, essa média geral de 29,51% mostra diferentes situações enfrentadas por homens e mulheres que ingressam no mercado de trabalho. Para os homens, a elevação do salário de admissão foi de 31,79% desde 2003. Entre as mulheres, a alta foi menor, de 25,84%.

Além da elevação do valor do salário de admissão, o MTE informa que houve também um aumento do rendimento médio dos trabalhadores formais em 18,25% nesses oito anos, também em valores reais. Esse comportamento foi oriundo da elevação de 27,40% dos rendimentos médios dos vínculos empregatícios estatutários (servidores públicos) e de 16,14% dos celetistas (carteira assinada).

O MTE informou que entre 2003 e 2010 foram pagos 97,2 milhões de benefícios do abono salarial, com transferência de R$ 36,5 bilhões diretamente aos trabalhadores. Em relação ao balanço do Sistema Nacional do Emprego (Sine), entre janeiro de 2003 e setembro de 2010 o saldo foi de 7.334.452 trabalhadores encaminhados ao mercado de trabalho, captação de 15.913.615 vagas e 35.317.800 pessoas encaminhadas para entrevistas. O Sine tem uma rede com 1.388 unidades de atendimento.

veja também