MENU

Sears quer retornar ao Brasil pelo modelo de franquia, diz consultoria

Sears quer retornar ao Brasil pelo modelo de franquia, diz consultoria

Atualizado: Segunda-feira, 13 Junho de 2011 as 10:47

Sears saiu do país na década de 90. (Foto: Divulgação)

A rede de lojas de departamento Sears quer retornar ao varejo brasileiro através do modelo de franquias. Segundo a Global Franchise, empresa de consultoria em franchising responsável por tentar trazer a marca de volta ao pais, já há um grupo de investidores negociando com os executivos da companhia nos Estados Unidos.

“A Sears vai vir mesmo. O grupo de investidores interessado já fez uma reunião de negócios em Chicago e está para enviar uma carta de intenções para ser o franqueado master único no país”, afirma Paulo Mauro, presidente da Global Franchise. Embora o plano de retorno ainda não esteja fechado, a consultoria acredita que as primeiras lojas devem ser abertas até o início de 2012 e está cadastrando candidatos interessados em adquirir as primeiras franquias da marca no país. “Será um modelo agressivo. Não é um projeto para 50 lojas. É um projeto para até 300 lojas em 10 anos”, diz Mauro.

A tradicional rede americana fechou todas as suas lojas no Brasil no início da década de 90, pressionada por uma série de prejuízos e pelo declínio de um modelo de negócio que poucos anos depois também obrigou redes como Mappin, Mesbla e Lojas Brasileiras a fecharem as suas portas.

“A marca ainda é muito conhecida, tem um recall muito grande entre os brasileiros, e vai retornar de forma bastante interessante, no modelo de franquia, que foi lançado há 5 anos e já conta com cerca de mil lojas nos Estados Unidos e na América Central”, explica o presidente da Global.

Segundo ele, o formato de loja para o Brasil deverá ser a chamada Sears Home Store, com unidades de médio porte, entre 500 e 1.000 metros quadrados, com o foco em eletrodomésticos, eletrônicos e ferramentas. Paralelo a abertura de franquias, a rede também tem planos de abrir uma loja virtual no país.

O investimento para abrir uma loja da Sears é estimado em R$ 250 mil, sem considerar o investimento na aquisição de pontos comercial. Um dos modelos de franquia em estudo prevê a distribuição de produtos em consignação para as lojas, no qual o franqueado só paga o que vende.

Segundo Mauro, para conseguir enfrentar a concorrência dos grandes varejistas que já atuam no mercado, boa parte dos produtos será de importados. “Cerca de 50% dos produtos provavelmente serão de marcas próprias e virão direto da matriz”, afirma. “Mas uma parte terá de ser adquirida de fabricantes brasileiros e a Sears vai usar o seu poder de compra mundial para negociar preços”, complementa.              

veja também