MENU

Secretaria impõe restrições na compra das Casas Bahia pelo Pão de Açúcar

Secretaria impõe restrições na compra das Casas Bahia pelo Pão de Açúcar

Atualizado: Domingo, 27 Março de 2011 as 10:11

A Seae (Secretaria de Acompanhamento Econômico) divulgou nesta sexta-feira parecer recomendando ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) que imponha restrições à operação de compra das Casas Bahia pelo Pão de Açúcar, que já é dono da rede Ponto Frio.

O Pão de Açúcar anunciou a compra das Casas Bahia em julho do ano passado e criou a maior rede de eletroeletrônicos do país.

De acordo com o parecer da secretaria, a concentração de mercado resultante da operação seria muito grande em 12 municípios de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, entre eles Guarulhos, Jandira, Jundiaí, Praia Grande e Taboão da Serra, no Estado de São Paulo.

Nesses mercados, a Seae pediu que sejam vendidos todos os ativos de uma das redes --Casas Bahia ou Ponto Frio-- incluindo lojas, instalações, carteiras de clientes e cadastros. Além disso, a secretaria recomendou que sejam alienados centros de distribuição nas três unidades da federação envolvidas.

Nos processos de fusão e aquisição de empresas, a Seae é responsável pela instrução dos casos e faz recomendações ao Cade, que é o responsável por julgar o processo e decidir se aprova ou reprova parcialmente ou integralmente as operações.

Em nota, a Globex (empresa formada por Casas Bahia, Ponto Frio e Extra Eletro) afirmou que "entende que as questões apresentadas fazem parte do processo, não configurando, no entanto, uma decisão final, pois esta cabe ao Cade [Conselho Administrativo de Defesa Econômica]."

"A Globex continuará cumprindo as determinações do Apro [Acordo de Preservação de Reversibilidade da Operação] e respondendo às demandas que o Cade venha a fazer para o seu julgamento", diz o comunicado.

FUSÃO A compra do controle das Casas Bahia transforma o Pão de Açúcar na quinta maior empresa do país, com R$ 40,2 bilhões de faturamento --considerando dados de 2009. Os grupos se tornaram sócios de uma nova holding, que é dona da Globex, rede de bens duráveis que era subsidiária integral do Grupo Pão de Açúcar.

O atual contrato de fusão foi anunciado em julho do ano passado, após meses de renegociação do contrato que havia sido divulgado em dezembro de 2009 --data do primeiro anúncio da união.

Para ficar com o controle da nova empresa (a Globex "nova"), o Pão de Açúcar, que agora terá 53% de participação, entrou com a rede Ponto Frio e a rede Extra Eletro, avaliadas em R$ 1,45 bilhão. As Casas Bahia entrou com ativos e passivos operacionais, incluindo 25% da fábrica de móveis Bartira, pertencente à família Klein, avaliados em R$ 1,48 bilhão.   FOlha.com

veja também