MENU

Sites segmentados ganham espaço na web e lucram com anúncios

Sites segmentados ganham espaço na web e lucram com anúncios

Atualizado: Domingo, 26 Junho de 2011 as 8:51

Empreendedores investem na segmentação de sites na internet e os portais se multiplicam: podem atender só ao setor da gastronomia e ou se dedicar aos anunciantes da cidade de São Paulo.

São Paulo foi eleita, pela segunda vez, a melhor cidade da América Latina para se fazer negócios, são 90 mil eventos por ano. A cidade oferece aos visitantes lazer, cultura, gastronomia e o maior e mais moderno centro hoteleiro do país. O empresário Felipe Perlino montou um portal que reúne a culinária de todo brasil. Inclusive, ele criou um site que oferece desde simples receitas até dicas de chefs famosos.

O investimento do empresário para colocar o portal no ar foi de R$ 50 mil. Já são 1.200 usuários cadastrados. Cada um tem um login e uma senha para interagir. “No site, todo o conteúdo é produzido e é de autoria dos próprios usuários (...). Tudo é acessível de modo gratuito”, diz Perlino.

Para atrair mais usuários, o portal oferece vagas de empregos e estágios na área de gastronomia. O faturamento da empresa vem dos anúncios e gira em torno de R$ 4 mil por mês. Para publicar uma receita, como destaque, na página principal, o cliente paga R$ 200 mensais.

A chef de cozinha Mariana Valentini é usuária do site há um ano. “Eu percebi as pessoas vindo ao restaurante, querendo conhecer a comida, viu uma receita que gostou no site e veio no restaurante para comer essa receita, ela quer ir trás de quem fez”, diz.

Atrações de São Paulo

Para encontrar as atrações que a cidade oferece, os empresários Américo Martelli e Simone da Silva criaram um portal de busca. O internauta acha o que procura e os empresários lucram com os anunciantes. “A idéia principal para a criação do portal foi atender um público que precisa anunciar e não tem tanto retorno ao meio de tanta concorrência”, conta Martelli.   Na página principal do site estão links dos anunciantes com um resumo das ofertas. Apenas empresas que já possuem site podem anunciar. As buscas ficam em ordem alfabética e são separadas por categorias. O dono de cada link paga ao portal uma taxa semestral. A mais barata custa R$ 250. O portal já tem mais de 50 anunciantes.

Apenas os dois empresários administram o negócio e trabalham em um sistema home-office. Sem sair de casa, eles fazem toda a atualização do site e a parte comercial de captação de anunciantes. O investimento inicial foi de R$ 10 mil para desenvolvimento e construção do site.

Para ganhar anunciantes, quanto mais o portal é acessado, melhor. Os empresários criaram alternativas para atrair os internautas, na página principal o guia oferece em meio aos anúncios opções de cultura e lazer. Basta dar um clique para ficar por dentro da agenda de eventos de São Paulo. São dicas de exposições, moda, shows, teatro e até feira-livre.

“São Paulo tem muito evento gratuito, muito evento bacana, muito passeio que se pode fazer durante o dia, à tarde e à noite. São Paulo tem coisa para todos os públicos”, afirma Simone.

Os empresários têm uma meta otimista até o fim do ano. Esperam alcançar a margem de 500 mil cliques por mês e com isso mais que dobrar o número de anunciantes. “O portal tem tido muito retorno positivo e está sendo um sucesso, vai dar muita base para novos negócios, inclusive”, diz Martelli.

Essa confecção de moda bebê em São Paulo anuncia no portal desde o ano passado. Investir no site foi um meio do negócio ganhar mais visibilidade. “Percebemos ótimos resultados já, através de e-mails, telefonemas, procura. A pessoa liga perguntando onde encontra nosso produto e cita muitas vezes que foi por motivo do portal”, diz a anunciante Roberta Barbosa.          

veja também