MENU

Strauss-Kahn renuncia como chefe do FMI em meio a acusações

Strauss-Kahn renuncia como chefe do FMI em meio a acusações

Atualizado: Quinta-feira, 19 Maio de 2011 as 11:11

CINGAPURA, 19 DE MAIO - Dominique Strauss-Kahn renunciou como diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), segundo comunicado do órgão datado de 18 de maio, em meio às acusações de agressão sexual e tentativa de estupro.

"Eu nego, com a maior firmeza possível, todas as acusações feitas contra mim", disse ele em sua carta de renúncia, divulgada pelo FMI.

(Por Emily Kaiser)

veja também